TRICAMPEÃO MUNDIAL MICK FANNING ANUNCIA A SUA APOSENTADORIA NA WSL

O Circuito Mundial de Surf não terá mais um dos grandes nomes da atualidade. O australiano tricampeão mundial, Mick Fanning, acaba de anunciar a sua aposentadoria. Ele competirá as duas primeiras etapas do Tour 2018 - a Quiksilver Pro Gold Coast e a Rip Curl Pro Bells Beach – e, em seguida, deixará as competições após a bateria final da famosa Bells Bowl.

“Sinto que perdi o entusiasmo de competir todos os dias”, disse o surfista da equipe Rip Curl. “É algo que já faço há 17 anos, até antes em campeonatos juniores, mas sinto que já não consigo dar 100%. Não estou curtindo como era de costume. Continuo a amar o surf e estou sempre entusiasmado com o esporte, mas vejo outros caminhos nesta fase da minha vida”, destacou Mick.

Ele revelou que sempre teve em mente a sua despedida no Tour em Bells Beach. “Foi lá que a minha carreira começou, basicamente, onde venci minha primeira etapa do CT. Tenho realmente uma grande conexão com o lugar”, destacou.

Mick entrou pela primeira vez no World Tour em 2002, depois de ganhar sua primeira competição no CT, como wildcard em 2001, no Rip Curl Pro Bells Beach. Foi uma vitória que o “empurrou” para a elite do surf e que colocou seu nome no mapa como um atleta que faria história.

Em 2002, em seu primeiro ano no Tour, ganhou em Jeffrey's Bay, uma onda que passou a se tornar de estimação, além de um dos momentos mais cruciais de sua carreira e da vida, quando foi atacado por um tubarão durante a final da etapa em 2015.

Em 2004, depois de dois anos no WT, Mick sofreu uma grave lesão ao surfar em Mentawai, rasgando o músculo isquiotibial do osso, o que o deixou de fora das competições por meses. Em vez de desistir, tomou essa lesão como motivação para voltar ainda mais forte. Ele voltou a competir no World Tour em 2005, e em 2007 ganhou seu primeiro título mundial, criando uma relação com o Brasil.

A conquista foi comemorada no Hang Loose Pro Contest, em Imbituba, Santa Catarina. Depois vieram os títulos de 2009 e 2013, ambos comemorados em Pipeline. Ele foi o último australiano a erguer a taça, um ano de Gabriel Medina ser o campeão, sendo um dos maiores rivais do brasileiro. No ano seguinte, ele voltou forte e disputou novamente o título até a final em Pipe. A temporada foi marcada pelo ataque do tubarão e pela morte de seu irmão enquanto ele competia no Havaí.

"Foi uma montanha-russa com certeza, você tem seus altos e baixos, mas quando eu olho para trás, são memórias incríveis no meu tempo de Tour - de me superar cada vez mais para competir, ganhar nas baterias e vencer as competições, além de comemorar com os amigos e visitar lugares que jamais pensaria em conhecer na vida”, descreveu Mick.

Além dos três campeonatos mundiais, ele comemorou 22 vitórias em etapas do World Tour e completou 16 temporadas - consolidando-se como um dos maiores surfistas e esportistas da história. "Foi uma trajetória radical e emocionante na carreira profissional de Mick e para todos nós na Rip Curl", disse Neil Ridgway, chefe de Marketing e Marcas da Rip Curl.

"Ele tem sido o nosso surfista número 1 no Tour há tanto tempo, que vai ser estranho quando ele se despedir em Bells. Aprendemos muito sobre ser parceiros no jogo do surf para estar juntos há tanto tempo e só tenho a agradecer por tudo o que ele fez em seus três títulos mundiais”, complementou. "Nós temos a melhor equipe de surf do mundo aqui na Rip Curl e a próxima geração promete ser épica - os Tylers e Gabbys vão continuar a seguir os passos de Mick, mas na última década, em particular, quando as finais eram sempre uma pressão, sempre havia um homem com quem você poderia confiar para liderar e esse era Mick. Muitas vezes, no fim do curso, eu diria para mim mesmo: "Ele nunca deixa você para baixo".

"Eu tenho um grande respeito por ele, tanto pelos grandes momentos em sua carreira e também pelas circunstâncias muito desafiadoras nos bastidores que ele conseguiu se superar. Posso levar as histórias de Mick pelo resto da minha vida, então 'Obrigado, Mick!' E nós vamos vê-lo no The Search", completou Neil.

Parabéns Mick, não podemos estar mais orgulhosos de você e de tudo o que conquistou - e não podemos esperar para ver seus próximos planos!

Resultados para